segunda-feira, 21 de dezembro de 2015

Os 10 melhores livros de 2015

Não são os da foto.
Olá, caros leitores lindos e maravilhosas! Tudo bom?

Hoje é dia 04/12, 2h56 das madrugadas e está sendo muito difícil MESMO dormir. Já assisti uns três episódios de Friends, terminei um livro, estava lendo umas HQs mas cansei e decidi escrever o post anual (leia o de 2012 e o de 2014 - não teve de 2013, não sei bem por que.) dos 10 MELHORES LIVROS DO ANOOOOOOO, a pesar de que eu provavelmente só vou colocar esse post no ar nos últimos dias do mês. Mas eu já decidi minhas melhores leituras, então VAMOS PASSAR ESSA MADRUGADA ESCREVENDO? Vamos sim.

Esse ano eu li 114 livros, e desses tantos livros 24 foram releituras e 34 foram histórias em quadrinhos ou mangás, então eu li apenas 56 livros novos em 2015. Essa lista só vai constar os livros que eu li pela primeira vez =D



Okay, eu tenho um motivo bem pessoal para ter incluído este livro no top dez. Afinal, o que separa essa livro do décimo lugar e do nono, ou do décimo primeiro? A questão é que eu quero colocar este livro aqui pois, a pesar de ele não ter particularmente sido uma leitura profunda (a pesar de ser incrível, ter muita ação e aventura) eu adorei cada página. 

Eu escolhi este livro para o top dez por que, em um determinado capítulo, Adrian, nosso mocinho maravilhoso, vai ao psiquiatra conversar sobre seus problemas e pedir um remédio e o trecho foi tão inspirador para que eu mesma pudesse pedir ajuda aos meus pais para tratar da minha depressão. Foi por isso que escolhi este livro para o décimo lugar.


9º lugar - Garota Exemplar, de Gillian Flynn

Okay, eu amei esse livro. Ele é tão espetacular e arrebatador! Fazia muito tempo que eu não lia nenhum livro de suspense desse tipo, e foi uma ótima escolha ler este livro. Ele me deixou de queixo caído muitas vezes, eu torcia para um personagem numa página e para outro na página seguinte.

Só sei que este livro tem tantos plot twists que é possível que você termine de lê-lo em posição fetal no cantinho das muralhas do inferno. Amei, mas isso não me impediu de colocar o livro de castigo.


8º lugar - Aristóteles e Dante Descobrem os Segredos do Universo, de Benjamin Alire-Sáenz

ESTE LIVRO É INCRÍVEL E DEVIA SER LEITURA OBRIGATÓRIA. 

Além de uma ótima história e de uma excelente escrita, Benjamin nos presenteou com um livro cheio de sentimentos, cheio de questionamento e, mais importante, cheio de verossimilhança. Eu - e você também, imagino - está cansado desse padrão inesgotável de livros adolescentes simplistas, com temas bobos e finais clichês. Este livro é diferente de tudo, TUDO o que você já leu. É engraçado, triste, profundo, leve, tudo ao mesmo tempo. E tem muitos personagem diversos, já que a maioria dos personagens é mexicana-americana (com certeza tem um nome para essa descendência mas são 3h24 das madrugadas, tenho mais o que fazer), tem personagens gays, tem personagens com problemas comuns e vidas comuns que são, a seu próprio jeito, muito singulares.

Como eu tenho uma ideia para um livro muito parecido com Aristóteles e Dante, foi uma ótima inspiração e encorajamento, também. Eu também escrevi uma resenha sobre Aristóteles e Dante, se você quiser dar uma lida ;)



7º - Uma História Meio que Engraçada, de Ned Vizzini

Okay, eu terminei esse livro ontem (05/12) (sim, agora é dia 06/12, eu demoro muito tempo para escrever minhas postagens. Ah, 1h45 das madrugadas). Mesmo tendo terminado o livro há tão pouco tempo, não  tenho dúvidas quanto ao fato de que ele merece estar no sétimo lugar da lista. 

Eu já tinha assistido a adaptação do livro para o cinema, Se Enlouquecer, Não se Apaixone, pelo menos umas três vezes. Adoro esse filme e sempre pensei "cara, eu gostaria MUITO de ler o livro". Na mesma semana em que ele foi publicado no Brasil eu comprei na Amazon, por que eu PRECISAVA ler o livro. E olha, amei. A pesar de o livro ser BEM diferente do filme, eu amei o livro igual amei o filme e sou louca pelas duas versões da história.


Mas sério, esse livro é perfeito, é muito real. Os sentimentos do Craig - e do autor, Ned - são os meus sentimentos. O livro é brilhante, engraçado, triste, real. E a mensagem final é maravilhosa. O livro foi mais especial ainda por que li as últimas vinte páginas do lado de uma pessoa que significa muito para mim e nós dois rimos muito das besteiras e das coisas inteligentes que o Craig falava, e nós dois gostamos muito da mensagem final nas últimas páginas, mesmo eu tendo que explicar quem era o Muqtada ou qual era o negócio das bochechas e dos mapas por que ele não tinha lido o resto do livro. Foi perfeito. 

Viva.


6º - A Sombra do Vento, de Carlos Ruiz Zafón

Okay, já falei sobre este livro neste post então não vou me alongar demais. A Sombra do Vento, além de ter uma história incrível, é um livro lindo e emocionante, e eu me inspirei muito na escrita do Zafón para aprimorar algumas das minhas próprias ideias. 

Li o livro por indicação de dois amigos lindos, Gabriel e Maíra, e amei loucamente <3


5º - Doce e Distante, de Libba Bray

Eu li a trilogia Gemma Doyle, composta pelos livros Belezas Perigosas, Anjos Rebeldes e Doce e Distante um pouco antes do meu aniversário e AMEI, AMEI esses livros. Eu já estava tentando conseguir os três para ler há mais de dois anos, comprei o primeiro em um sebo, troquei o segundo no skoob e gastei meu rico dinheirinho no terceiro, mas todo o esforço para conseguir os três livros compensou DEMAIS.

A história era bem diferente do que eu imaginava, e acho que por isso mesmo eu gostei tanto. As personagens do livro são incríveis, todas elas são poderosas à sua própria maneira e o mistério e magia desse universo me capturaram durante todo o tempo que eu passei lendo-os. Amei.


4º - O Sangue do Olimpo, de Rick Riodan

Eu sou muito retardada e amo os livros do Rick Riordan. Sei que muita gente acha que são bobos, infantis, muito fantasiosos e meio repetitivos. São mesmo e continuam incríveis. Eu, como filha de Plutão, tenho o dever de informar que eu poucas vezes me senti tão envolvida numa história como na série Os Heróis do Olimpo. Desde o primeiro, O Herói Perdido, eu já sentia uma conexão com o novo arco da série, e conforme fui lendo os livros só fui me apaixonando mais e mais pela série.

Acho que o tio Rick está escrevendo cada vez melhor, suas histórias estão ficando mais sérias e ele é um dos poucos autores que realmente se esforça para incluir personagens negros, asiáticos, hispânicos, gays, lésbicas, deficientes e outros em suas histórias. Ele é um incrível autor com um incrível talento de usar a exata mesma fórmula em todos os seus livros e ainda assim sair com histórias incríveis. Me julguem.


3º - Não Entre em Pânico, de Neil Gaiman

Nesse ano, li dois livros do Douglas Adams e um livro sobre ele (este). Achei meio injusto colocar em terceiro lugar um livro que é sobre o Douglas Adams mas não escrito pelo próprio, mas Neil Gaiman fez um trabalho incrível com a biografia de seu amigo. Eu não leio muitas biografias, mas das poucas que eu li posso afirmar que esta é uma das mais incríveis.

Eu queria muito ter podido conhecer o Douglas Adams pessoalmente. Sua vida, suas histórias e tudo o que girava em torno dele é fascinante para mim. O cara era um gênio não apenas nas histórias em que escrevia, mas na forma como vivia, e isso é muito impagável. A pesar de minha escrita seguir uma linha extremamente oposta à de Douglas Adams, ainda me inspiro muito nele e queria ter metade do talento que ele tinha.

Descanse em paz, Douglas.


2º - A Velocidade da Luz, de Javier Cercas

Já fiz uma resenha sobre este livro no blog, mas acho que nunca vou cansar de contar para literalmente todas as pessoas do universo que ESTE LIVRO É INCRÍVEL, INCRÍVEEEEEEEEEEL, LEIA, LEIA, SÉRIO, LEIA, DEPOIS QUE TERMINAR DE LER LEIA AO CONTRÁRIO, DE PONTA CABEÇA, EM VOZ ALTA E TRADUZA PARA 24 IDIOMAS À SUA ESCOLHA.

Se quiser saber com mais detalhes por que amei tanto este livro, leia minha resenha =D

E depois de um grande livro - literal e metaforicamente falando - vem a velha sensação de que te falta alguma coisa. Foram mais de dois anos na procura deste livro e quase um ano inteiro para ler todas as suas 817 páginas e seus 69 capítulos. Cada página, cada capítulo, cada momento dessa leitura valeu a pena. Susanna Clarke é uma escritora incrível e conseguiu criar um novo universo de magia e humor. Quis ser aprendiz de Mr. Norrell e melhor amiga de Jonathan Strange. Quis ser maga e estudar os livros de magia e os livros sobre magia. Queria viver nesse universo em que John Uskglass é quase um deus, tão misterioso e lendário quanto um. Amei cada página, cada reviravolta e cada nota de rodapé. Nunca vou esquecer este livro. Entrou para a lista de favoritos, e tenho certeza de que vou reler este livro mais umas 15 vezes durante a minha vida, e vou terminar todas as leituras com um sorriso. 📖 💟 😇 #susannaclarke #jonathanstrangeandmrnorrell #jonathanstrangeemrnorrell #livro #book #blackandwhite #jonathanstrange #mrnorrell #feelings
Uma foto publicada por LAMBERT, Nathalia (@tsundokugirl) em

1º - Jonathan Strange & Mr. Norrell, de Susanna Clarke

Okay. Este livro. Apenas leia o que eu escrevi sobre ele no instagram que você irá entender. Mentira, você só vai entender quando LER o livro. 

Eu passei muito tempo atrás desse livro e só consegui ele após trocar no skoob. Minha edição está bem acabada, com a capa amassada e tudo - veio assim, na verdade-, mas eu não poderia ter um livro mais amado esse ano - e por muito mais tempo. Passei duas semanas lendo, por que o livro é um tijolo com páginas, mas que história! Mal posso esperar para ler de novo, e de novo, e mais umas quatorze vezes, e basear toda minha carreira como estudante de letras nesse livro (mentira, não tenho a capacidade de fazer um doutorado nesse livro, ele é espetacular demais).

Se quiser ler um resumo sobre ele, clique aqui ;) (eu que escrevi, tá muito legal mas povoado de spoilers, então cuidado).

Menções Honrosas:

Uma foto publicada por LAMBERT, Nathalia (@tsundokugirl) em

1 - O Salmão da Dúvida, de Douglas Adams

Lembra que eu disse que me sentia mal colocando um livro SOBRE o Douglas Adams na lista de favoritos do ano, mas não um livro DELE na lista? Bom, acho que colocando nas menções honrosas já é o suficiente. Mais ou menos. Talvez. Não me mate, tio Douglas.

Enfim, O Salmão da Dúvida é um livro bem sem noção, mas não pelos motivos pelos quais os livros do Douglas Adams costumam ser sem noção. Este livro tem entrevistas com o autor, cartas dos fãs, crônicas e artigos que ele escreveu, um pedaço de um livro inacabado, um conto sobre o Zaphod, umas introduções para livros que o Douglas escreveu e uma porção de outros autores falando sobre como o Douglas Adams era literalmente a melhor pessoa do Universo. Esse livro é engraçado e muito fofo (Pegue ele numa livraria um dia e você vai entender. Aproveite e compre).



2 - Agência de Investigações Holísticas Dirk Gently, de Douglas Adams

EU VOU FAZER UMA VIDEO-RESENHA DESTE LIVRO E VOCÊS VÃO AMAR COM CERTEZA.

Eu tinha medo de não gostar deste livro quando comecei a ler, talvez por não ser O Guia, talvez por que os livros do Douglas Adams não fazem o menor sentido e eu nem sempre sei se entendi tudo. Mas este livro, ESTE LIVRO, este livro é MUITO FODA. Simples assim. É hilário, sem noção, muito sem noção mesmo, sem nenhum sentido. Não sei  o que ele fumou quando escreveu. É um livro genial.


3 - As Crônicas de Gelo e Fogo, de George R. R. Martin

Eu tenho os cinco livros da série As Crônicas de Gelo e Fogo há pelo menos uns três ou quatro anos. Uma vez, há uns três anos (eu acho), tentei começar o primeiro (A Guerra dos Tronos) mas desanimei. Esse ano eu estava determinada a pelo menos começar a ler a série e JÁ LI OS DOIS PRIMEIROS LIVROS, SÃO INCRÍVEIS, COMECEI O TERCEIRO E É INCRÍVEL, NÃO SEI POR QUE NÃO LI ESSES LIVROS ANTES.

Sei que só vou terminar de ler a série ano que vem, MAS TUDO BEM, JÁ ESTOU FELIZ POR TER LIDO OS 2 (DOIS) PRIMEIROS EM 2015. Os livros são muito bons MESMO. Sério *-*


__________________________

Gente, esse ano foi povoado de incríveis leituras. Li livros excelentes e outros nem tanto, mas esses 10 (17, na verdade) vão ficar para sempre no meu coraçãozinho <3

Até a lista do ano que vem, feliz Natal e feliz 2016 õ/

2 comentários:

  1. Douglas Adams é tudo de bom! Quero muito ler O Salmão da Dúvida. <3

    Elfo Livre

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amo esse homem, queria muito ter conhecido ele <3

      Excluir

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D