quinta-feira, 17 de novembro de 2016

Resumo de A Fúria dos Reis, de George R. R. Martin

Game of Thrones : Daenerys Targaryen by p1xer

Olá, galeres!

Postei há algum tempo um resumo de A Guerra dos Tronos, eis aqui o resumo do segundo livro de As Crônicas de Gelo e Fogo, A Fúria dos Reis! Espero que seja útil para alguém. Cuidado, este resumo contém spoilers bravos! Leia por sua conta e risco. Relembrando que eu escrevi este resumo durante a minha leitura e adicionei minha opinião pessoal. Obviamente eu revisei tudo e consertei algumas coisas, além de adicionar mais informações. É isso aí ;)

A Fúria dos ReisAutor: George R. R. Martin
Título original: A Clash of Kings
Editora: Leya Brasil
É bom?: ★★★ 
Páginas: 624
Sinopse: De um dos maiores mestres da fantasia surge um épico magistral, poderoso como você jamais viu...Em 'A fúria dos Reis', o segundo livro da aclamada série As crônicas de gelo e fogo, George R. R. Martin segue a épica aventura nos Sete Reinos, onde muitos perigos e disputas ainda estão por vir. Além dos combates que se estendem por todos os lados, a ameaça agora também chega pelo céu! Mistério, intrigas, romance e aventura encherão as páginas deste livro, agora também um blockbuster da HBO! Quando um cometa vermelho cruza o céu de Westeros, os Sete Reinos estão em plena guerra civil. Os exércitos dos Stark e dos Lannister estão se preparando para o confronto final, e Stannis-irmão do falecido Rei Robert-, desejoso de possuir um exército que lute pela sua reivindicação ao trono, alia-se a uma misteriosa religião oriental. Porém, seu irmão mais novo também se proclama rei. E, enquanto isso, os Greyjoy planejam vingança contra todos os que os humilharam dez anos atrás. Ainda, no distante Leste, poderosos dragões estão prestes a chegar aos Sete Reinos, trazendo fogo e morte...Um perigo de proporções gigantescas, muito maior do que as grandes guerras! Nesta tão esperada sequência de A guerra dos tronos, George R. R. Martin cria uma obra de incrível poder e imaginação. A fúria dos reis nos transporta até um mundo de glória e vingança, de guerras e magia, onde poder e miséria podem se alterar no virar de uma página. Uma obra singular da literatura fantástica.

Um cometa misterioso pinta o céu de Westeros.

Lorde Stannis, irmão de Robert, vai até Meistre Cressen em busca de conselhos sobre o que fazer, já que Robert está morto e ninguém acredita que Joffrey é um bastardo dos Lannister. A mulher de Stannis, Selyse, trás a feiticeira do Senhor da Luz Melisandre de Asshai. Cressen morre ao tentar algo contra a feiticeira, que acredita que o cometa é um presságio de que Stannis logo governará os Sete Reinos, uma vez que seu reino fica em Pedra do Dragão. 

Arya viu seu pai ser decapitado e logo em seguida Sor Yoren a leva embora, corta seu cabelo e começa a tratá-la como se fosse um garoto, e a insere num grupo de jovens aprendizes. Sansa ainda é prisioneira dos Lannister e dos Baratheon. É aniversário de Joffrey e Tyrion finalmente chega à corte. Sansa está extremamente arrependida de ter amado Joffrey, que agora percebe que é uma pessoa ruim, e não sabe como fazer para fugir do castelo. 

Tyrion chega para Cersei, revelando que sabe tudo sobre a relação incestuosa com Jaime, e com uma carta de Lorde Tywin dizendo que Tyrion deve ser a mão do rei por enquanto. Nessa posição, Tyrion pretende "fazer justiça". Bran ainda está aleijado e preso em Winterfell. Ele acredita que tem algum tipo de habilidade mágica quando dorme, que pode se juntar aos animais e às árvores e sonhar com eles.

Shadow Tower - Game of Thrones TCG by jcbarquet

Arya ainda está fugindo com aquela galera, estão tentando fugir da guerra e ainda a tratam como Arry, como se fosse um garoto. Robb é o rei de Winterfell agora e está fazendo exigências para Cersei. Ele quer derrubar os Lannister mas não quer libertar o irmão de Cersei, acha que é uma peça muito valiosa. Jon e a Patrulha da Noite estão prestes a começar uma expedição que pode ser mortal, e eu me identifiquei muito com o Sam, ficando super empolgado com tantos livros antigos e conhecimentos perdidos. 

Temos duas novas narrativas: Davos é um ex-contrabandista que foi "resgatado" por Stannis Baratheon. Davos deve tudo o que ele e seus sete filhos tem para Stannis, e o está ajudando a conseguir o trono de ferro. Stannis se junta a uma obscura religião para obter sucesso. Theon Greyjoy, ex-protegido de Eddard Stark, está de volta às terras de seu clã. Mas os Greyjoy o tratam mal, como se fosse um traidor. 

Theon está focado em se tornar rei. Enquanto isso, a caravana de Daenerys caminha pelo deserto, quando encontra pessoas misteriosas das cidades "abandonadas" no deserto vermelho. Arya está sendo levada para a Patrulha da Noite quando sua caravana foi atacada e ela teve que fugir por uma caverna. Tyrion discute com Cersei boas estratégias para derrubar Stannis e garantir a estadia de Joffrey como Rei de Westeros.

Até o momento as grandes famílias (Lannister, Baratheon, Stark e Greyjoy) estão numa espécie de fase de negociação, mas sinto que a qualquer momento alguém vai gritar "JÁ DEUS SEUS FDP" e sair cortando cabeças. Bran foi elevado ao cargo de príncipe dos Stark, mas por ter 8 anos e ser aleijado não tem muita utilidade. Tyrion tem planos misteriosos e está tentando conquistar a simpatia de praticamente todas as pessoas influentes em Porto Real, quero saber o que ele vai fazer. O

O ex-cavaleiro que Sansa impediu de ser executado por Joffrey está tentando ajudá-la a se livrar dos Lannister e voltar para Winterfell. Arya ainda está fugindo, mas um dos garotos, Gendry, descobriu sua identidade (a pesar de não usar isso contra ela, pelo contrário) e seu grupo foi pego por uma caravana dos Lannister e um dos garotos foi assassinado. Enquanto isso, Tyrion tenta conquistar o apoio de famílias de castelos menores do reino e briga muito com Cersei (novidade).

Game of thrones fan art - Catelyn by ynorka

Começamos novamente com Bran fazendo coisas extremamente desinteressantes, fora o final do capítulo, em que ele é sugado para uma visão ou algo assim. Me pergunto se ele será cavaleiro e o que esses sonhos/visões significam. Catelyn foi ver Renly Baratheon, que pretende ser rei no lugar do irmão Stannis Baratheon. Ela presencia a luta entre o Cavaleiro das Flores (o que a Sansa achava bonito) e Brienne, uma cavaleira (?) (eles não usam o termo amazona) muito forte, mas meio puxadora de saco de Renly. Eis que, no meio de um banquete, o exército de Stannis chega para atacar o castelo de Renly, com Catelyn lá dentro.

Jon está com a patrulha da Noite indo cada vez mais dentro da Muralha. No meio de um pântano eles encontram Craster, um homem misterioso que casa com suas filhas e sacrifica os filhos para os deuses da muralha. Umas das filhas/esposas de Craster pede que Jon a leve embora e proteja a criança. Ela já viu uma criatura igual aquela que Jon viu no livro passado, um morto vivo ou seja lá o que for. Theon, por sua vez, se encanta por uma mulher das suas terras sem saber que é sua irmã, Asha. Asha é incrível: engana Theon, faz ele de tonto, é uma guerreira espetacular, engraçada, espero que apareça mais na história.

Tyrion continua buscando aliados, visitando prostitutas e tentando tirar uma com a cara da Cersei. Arya foi levada e estão matando um de seu grupo por dia, e agora ela está sendo forçada a trabalhar. Daenerys discute política dos Sete Reinos acredita que os dragões a ajudarão a vencer a guerra pelo trono. Bran foi confrontado por alguns visitantes que acreditam que ele tem "sonhos verdes", ou seja, uma espécie de terceiro olho que lhe permite ver o futuro e outras coisas místicas.

Game of thrones fan art - Cersei Lannister by ynorka

Arya faz um contrato com um homem misterioso que mata uma pessoa que ela escolhe por dia. Stannis e Renly se encaram e Catelyn tenta mediar a discussão, mas os nenhum dos dois vai andar para trás na reivindicação do trono. Aliás, entendi direito ou o Renly é gay? Enfim, Renly morre assassinado por um demônio, pois Stannis conseguiu poderes misteriosos ao se juntar àquela religião bizarra. Sansa apanhou, mas acho que ganhou a simpatia de Tyrion, talvez ela consiga mesmo fugir. Jon achou pertences estranhos de um patrulheiro da noite enterrados e Bran sonhou que Winterfell era destruída pelo mar (estaria o sonho verde falando dos Greyjoy?).

Tyrion, Cersei e o conselho discutem quem deve casar com Joffrey. Cersei quer que Joffrey case com Sansa, mas Tyrion quer que ele case com Margaery Tyrell e junte os exércitos da família dela ao dos Lannister. Cersei aceita a contragosto, mas Tyrion percebe que ela está planejando alguma coisa. Theon Greyjoy está planejando um ataque a Winterfell.

Arya matou o segundo homem que tinha trocado pelos que salvou, ajudando Jaqen H'ghar. Brienne jura lealdade a Catelyn. Adoro as duas. Chegando em Winterfell, Catelyn é avisada que os Lannister tentaram libertar Jaime e que alguns de seus homens foram mortos. Jaime foi recapturado. Enquanto isso, Xaro Xhoan Daxos quer se casar com Daenerys para que possa usar seus dragões a seu favor. Dany quer muito conseguir um navio de guerra para lutar contra os Sete Reinos.

Game of Thrones s.1 Last Supper by sheilalala

Myrcela Baratheon é mandada para casar com um dos Martell. Quando Tyrion, Cersei e o resto da comitiva está voltando para o castelo, os populares os atacam, acusando Cersei de incesto e apoiam Stannis e até Renly Baratheon. O povo ataca muitos dos membros da realeza. Enquanto isso, Stannis Baratheon manda Davos e Melisandre para as muralhas de Ponta Tempestade. Melisandre dá a luz a uma criatura sombria que mata Cortnay Penrose, e os portões são abertos para Stannis Baratheon. Tyrion fica muito consternado com essa notícia e quer fazer de tudo para proteger Shae, uma prostituta por quem é apaixonado. Ainda não sei se ela ama ou não Tyrion de verdade. Foi triste ouvir a história do casamento de Tyrion. 

Jon está na Patrulha da Noite quando alguns dos patrulheiros voltam. Qhorin, patrulheiro chefe, recruta Jon para uma missão para lá da Muralha. Catelyn está com o irmão Edmure e os demais Tully. Ela discute política e fala sobre a possibilidade de Joffrey ser realmente ilegítimo. Está preocupada com o paradeiro do Arya e sabe que Robb não irá trocar Arya e Sansa por Jaime, pois Jaime é um soldado poderoso. Mesmo com alguns dos exércitos do Tully vencendo pequenas batalhas, Catelyn ainda tem medo por seus filhos. Eu estava certa, o sonho verde de Bran realmente era um sinal da invasão dos Greyjoy. Theon toma Bran como refém e promete tratar todos no castelo bem, a não ser que alguém o traia.

Agora entendo essa maldita referência do valar morghulis. Arya matou Jaqen, só que não exatamente, não sei se entendi essa parte, mas até mesmo o Tyrion fez uma referência aos Homens sem Rosto em outro capítulo, ainda vamos chegar neles creio eu. Dany protagonizou um dos meus capítulos favoritos do livro, no qual ela faz uma viajem maluca num lugar que me lembra muito Nosgoth e eu basicamente amei esse capítulo. Não sei se entendi as visões dela, mas sei lá, acho que ela vai ter um papel muito importante mais para a frente, pelas coisas ditas. Se o cometa está no céu pra ela e ela tem tantos destinos em trios a cumprir, aí tem coisa. 

Tyrion continua andando pela cidade e discutindo sobre Stannis. Ele contratou umas galeras para substituir quem morreu no ataque dos populares, mas parece que os Lannister estão com dificuldades para encontrar aliados. A cada capítulo eu gosto menos do Theon, ele é um enorme filho da puta. Bran e Rickon e os lobos gigantes deles fugiram com Hodor do cativeiro de Theon, e agora o Theon ficou nervosinho e acha justo bater em criança. Maluco, eu odeio muito esse cara.

game of thrones - daenerys paintsketch by shorelle

Jon termina de escalar a Muralha e, do outro lado, ele encontra Ygritte, uma garota selvagem. Ela luta a princípio mas depois se rende, e conta algumas histórias antigas para Jon que seu povo costuma passar de geração para geração. Jon devia matá-la mas deixa ela ir. Sansa menstrua pela primeira vez e entra em pânico, pois sabe que assim pode engravidar e pode ser obrigada a se deitar com Joffrey. Ela conversa com SandorClegane, o Cão de Caça, e ele é cruel a pesar de dizer umas verdades. Cersei conversa com Sansa sobre "deveres femininos" e ela sabe que Sansa já não ama mais Joffrey (duh). 

Jon volta depois de deixar Ygritte escapar, quando sua patrulha vai dormir. Durante o sono, Jon tem um sonho que Qhorin acredita ser um sonho profético, um sonho de lobo como ele o chama. Tyrion chega com notícias de que Bran e Rickon estão mortos (e nessa parte eu fiquei MUITO confusa, pois não imaginava que o Martin fosse omitir uma parte tão importante na narrativa que seria a morte dos dois sem nenhum capítulo sobre isso) (até voltei no último capítulo do Theon e do Bran só pra ter certeza de que não tinha perdido nada).

Enquanto isso, Catelyn teme pela vida de seus filhos. Ela acha que Bran e Rickon estão mortos (coitada, eu também tavasuper triste). Ela decide interrogar o Jaime, que conta umas histórias estranhas sobre o tempo em que eles destronaram os Targaryen e o Robert Baratheon virou rei do Trono de Ferro. Jaime servia o rei daquela época, mas traiu ele quando viu que tudo ia dar errado. Depois de falar muita merda sobre o Ned, Catelyn fica puta e pede a espada de Brienne. Mas não acho que Cat vá matar o Jaime. 

Por último, tô com muito ódio mas ao mesmo tempo pena do Theon. Ele é muito trouxa, fez um plano fraco para conquistar Winterfell e aposto que isso que ele fez não vai durar nada. Na verdade ele não matou Bran nem Rickon, ele matou outras crianças parecidas e colocou a cabeça delas em estacas na frente do castelo. Theon tem tido muitos pesadelos estranhos com mortos... Ah é, tem a Sansa de novo. Nesse capítulo ela vai ao septo e reza com todas as forças para que Joffrey morra e que Stannis consiga o trono, a pesar de nem conhecer o homem.


Davos liderou o ataque pelo mar a Porto Real na Batalha da Água Negra, mas não esperava que as correntes de Tyrion (!!!!!!!!!!!!!) tivessem alguma utilidade. Os barcos, alguns dos Baratheon/Lannister inclusive, ficaram presos na corrente e o fogovivo foi ativado. Parece que praticamente todo mundo que estava nos barcos morreu. Depois que os melhores homens de Tyrion foram abatidos, ele mesmo teve que liderar o ataque em terra. Foi tomado pela febre da batalha, como dizia Jaime, mas logo Tyrion sofreu golpes quase fatais. Foi resgatado por uma pessoa misteriosa. Enquanto isso, Sansa está com Cersei e outras mulheres de nascimento nobre no salão do castelo dos Baratheon. 

Cersei revela que, se o exército de Joffrey perder para o de Stannis, todas morrerão. Desesperada, Sansa foge para seu quarto, onde encontra Sandor Clegane, que pede para que ela cante uma música para ele. Ele vai embora, Sansa dorme e no dia seguinte é acordada por Dontos, que diz que Renly (???????????????) derrotou Stannis e que os Baratheon afinal ganharam, eles serão livres (????????????).

Daenerys, do outro lado do mar, decide não se casar com Xaro, o que deixa o homem muito contrariado. Dany precisa voltar para Westeros, pelo mar, mas os Dothraki não enfrentam o mar. Ela, depois de sofrer uma tentativa de assassinato, encontra alguns homens que deseja recrutar para seu exército e consegue três navios, que ela nomeia em homenagem a seus dragões, para que Westeros saiba quem ela é quando estiver chegando. 

Arya diva linda maravilhosa poderosa chutadora de bundas está como copeira de Lorde Bolton. Alguns dos homens que trabalham para ele descobriram que ele pretende matá-los quando for sair de Winterfell, então Arya mata um dos guardas dos aposentos de Lorde Bolton, o que deixa Torta Quente transtornado. Arya para presidente!

Sansa assiste a Rainha Regente Cersei e o Rei Joffrey darem títulos e terras e honras aos que os ajudaram na Batalha da Água Negra. Loras Tyrell, o Cavaleiro das Flores, oferece a irmã, ex-esposa ainda virgem de Renly (que foi morto, afinal??) para se casar com Joffrey. Cersei desfaz o casamento planejado de Sansa e Joffrey e Sansa acredita estar livre. Uma das criadas diz que ela ainda pode ser obrigada a ser amante de Joffrey, mas Dontos promete que está cada vez mais próximo de tirá-la do castelo. 

Theon Greyjoy é encorajado a desistir da conquista do castelo dos Stark de Winterfell, e depois de até cogitar vestir o negro, Fedor, um dos súditos dos Bolton, chega trazendo um exército e bota fogo em Winterfell. Fedor pede a Theon que lhe dê sua prostituta Kyra. Theon não aceita e Fedor ordena que queimem mais ainda Winterfell, mas salvem aqueles da casa Frey. Tyrion acorda. Está ferido, com uma cicatriz terrível no rosto, mas vivo. Questiona quais de seus homens ainda são leais a ele. Jon e Qhorin tem uma conversa séria, na qual Qhorin pede que Jon se junte ao Povo Livre do outro lado da Muralha, como espião, e aprenda os segredos deles. Jon hesita, mas acaba aceitando. Acaba que, quando são capturados, Jon é obrigado a matar Qhorin para que os selvagens deixem que ele se junte a eles. Jon mata Qhorin e agora faz parte do povo livre, e descobre que tem um exército de selvagens indo em direção a Westeros. 

Enquanto isso, Bran está com Osha, Hodor, Rickon e os irmãos Reed. Eles encontram um dos meistres morrendo, que aconselha que Bran e Rickon sejam mantidos separados. Hodor vai com Bran, pois Bran não pode andar. Mas agora Bran está poderoso, conseguiu dominar o seu terceiro olho e consegue viver através do seu lobo, Verão.
__________________________________

É isso por hoje, pessoal! Em breve haverá resumo de A Tormenta de Espadas. Não sei ainda quando sairá, mas com certeza será antes do lançamento de The Winds of Winter, da viabilização da clonagem humana, do apocalipse zumbi e da extinção dos cães domésticos.

Game of Thrones Battle Of Seven Stars by JohnMcCambridge

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D