segunda-feira, 27 de janeiro de 2014

Matutando #7


Olá, pessoas queridas! Como têm passado?
Agora que parei para pensar, faz um bom tempo desde que eu não escrevo um Matutando. O último foi em outubro de 2013! 
Os assuntos dessa coluna sempre foram aleatórios. Já falei de Harry Potter, cadeiras giratórias, artistas escrotos vs. artistas gente fina e até mesmo filmes de terror. Hoje trago um assunto polêmico: corte de cabelo.
Okay, daí você me pergunta: Nath, o que diabos tem de polêmico num corte de cabelo? 
E eu te respondo: Absolutamente tudo, meu caro leitor.


Todo mundo conhece a Jennifer Lawrence, certo? Ela ficou famosa por ter feito vários filmes incríveis, dentre eles X-Man, Jogos Vorazes, Em Chamas, O Lado Bom da Vida e etc. é fato que nossa Jen é linda e divosa, certo? Há alguns meses Jen desistiu das longas madeixas loiras e cortou o cabelo nos ombros. Muita gente achou bonito, outros não gostaram muito. Jen continuava linda, bem humorada e, o mais importante, nunca deixou de ser uma ótima atriz. Mas, no fim de 2013, Jen surpreendeu todo mundo cortando o cabelo beeeem curtinho. Vi MUITA gente xingando a Jen no facebook, no tumblr e no twitter, dizendo que ela estragou o cabelo e coisa e tal.
Agora eu gostaria que você, querido leitor, me dissesse: o cabelo da Jen ficou feio? Ficou mau cordado? O cabeleireiro cortou torto, arrancou um pedaço da cabeça dela? Não? Como assim? Então por que todo mundo tá dizendo que o cabelo dela ficou feio?
Não é de hoje que as pessoas tem preconceitos contra cabelo. A maior parte das meninas que nasce com cabelo cacheado ou afro acaba cedendo à chapinha ou escova progressiva em algum momento da vida. Meninas fazem tratamentos extensos para ter cabelos longos, fazem luzes, pintam de várias cores diferentes. Isso é errado? Claro que não.


Sinceramente, não vejo o menor problema em uma garota que nasceu de cabelo cacheado querer ter cabelo liso. Agora eu me pergunto: você já viu uma menina de cabelo liso querer fazer permanente? Provavelmente. O que todas as pessoas disseram para essa menina? Sim: que era louca, que estava desperdiçando um cabelo naturalmente bom, que ia gastar dinheiro para arrumar um cabelo que já estava bonito. 
Eu não julgo as escolhas das pessoas: cada um faz o que bem entende. Mas sempre tive essa impressão de que a necessidade de todas as pessoas serem iguais é algo ruim. Quando uma menina não usa chapinha e mostra os cabelos rebeldes, ela é corajosa. Quando uma menina corta o cabelo bem curto ela também é considerada corajosa. Agora eu pergunto: por que uma pessoa que simplesmente muda o penteado recebe o título de corajosa?
A resposta: por que ser diferente é o mesmo que se jogar numa piscina cheia de tubarões com a perna sangrando. As pessoas vão correr atrás de você, te julgar e morder até que você sucumba ao que elas querem.
E o pior: quando um grupo de meninas decide que vai fazer o que bem entender com o cabelo, elas são tachadas como "meninas modinha" e perdem toda a credibilidade! Recentemente vi no facebook uma menina que estava recebendo mensagens de ódio por que tinha cabelo cacheado e várias páginas estavam publicando fotos dela! Uma amiga minha pintou o cabelo de rosa e muita gente caiu em cima, falando que só fez isso por que queria ficar parecida com uma das "meninas do tumblr". E você, que tem escova progressiva no cabelo e fez luzes por que está na moda? O que tem contra quem pinta o cabelo de verde? 
Apenas parem.


Jared Leto é um cantor e ator norte-americano lindo de morrer: isso é um fato. Sendo o vocalista de uma banda de rock alternativo, Jared nunca manteve a mesma aparência por muito tempo. Durante todos os anos em que sua banda esteve na estrada (16) já teve mil cortes de cabelo diferentes, tanto por que quis, tanto por causa de ocasionais papéis que teve no cinema. 
Recentemente mostrei uma foto dele atualmente (de cabelo comprido) para uma amiga e ela disse: "Hm, ele é bem bonito. Mas seria melhor se tivesse o cabelo curtinho, arrepiadinho, sabe?". Depois, explicou: "Homem de cabelo comprido não fica muito bem. Sei lá, simplesmente não combina!". Quando mostrei uma foto dele de cabelo curto, ela só faltou entrar na tela do computador.
Por que isso? Por que homens de cabelo comprido não são considerados tão bonitos quanto os de cabelo curto? Por que muita gente (sim, muita gente MESMO) diz que qualquer homem de cabelo comprido é simplesmente feio e pronto, acabou a discussão?


E o preconceito não é só com os caras de cabelo comprido! Se o cara pinta o cabelo (nem precisa ser de cores fantasia) já é taxado de gay. Se o cara tem um moicano no estilo mais punk possível, nunca vai arranjar um emprego. Se o cara tem dreads, além de não arranjar emprego, sofre com o preconceito, com pessoas achando que é morador de rua, que dreads são sujos, acham que o cara é drogado e por aí vai. 
Ou seja: o homem pode ter o cabelo que quiser, desde que tenha o comprimento adequado (no máximo até o queixo, sendo muito otimista). O homem não sofre a mesma pressão de ter cabelo liso - afinal, a maior parte tem o cabelo tão curto que nem se quisesse dava para fazer escova. Basicamente, o homem sofre do mesmo preconceito capilar que a mulher, só que ao contrário.


No começo de 2013 meu cabelo era comprido. Tipo, até o cotovelo. Sempre gostei de cabelo comprido, mas em outras pessoas. Homens e mulheres de cabelo comprido sempre me encantaram, tanto que no livro que escrevo todos os personagens tem cabelo absurdamente comprido (mas por um bom motivo). Só que eu nunca gostei de cabelo comprido em mim. Quando eu era criança eu sempre mantinha o cabelo curto, mas eu comecei a fazer amigas na escola e todas as garotas tinham cabelos compridos, então eu parei de cortar. 
Mantive o cabelo comprido até fazer 13 anos, quando decidi cortar de novo. Cortei o cabelo na altura dos ombros, e recebi muitas críticas negativas tanto de amigos, familiares e até professores. Todos perguntavam por que eu cortara o cabelo e, quando eu dizia que eu gostava daquele jeito, as pessoas me olhavam estranho.


Thalia Grace é uma semideusa filha de Zeus e uma garota totalmente punk, que usa jaqueta de couro, escuta bandas de rock e tem
cabelos curtos. Quando terminei de ler A Maldição do Titã, dei a notícia: mãe, vou cortar meu cabelo de novo!Em julho de 2013, quando li a série Percy Jackson, uma personagem me chamou muito a atenção: Thalia Grace. Olha, só, eu tenho o mesmo nome que ela - (Na)Thalia!
Minha mãe é uma daquelas "pessoas tradicionais" (eufemismo pra quem não gosta muito do que é diferente) e disse que não era uma boa ideia, mas tudo bem, se é o que você quer, vá em frente. Cortei meu cabelo e não gostei. Não me arrependi de cortar o cabelo, mas o cabeleireiro fez um corte chanel fofinho, na altura do queixo, TOTALMENTE diferente do curto que eu tinha pedido.
Mantive o cabelo daquele jeito por seis meses, bagunçando e tentando dar um ar mais rebelde a ele - nunca gostei do meu cabelo liso escorrido nem muito arrumado. Gosto de parecer uma pessoa que não se arruma muito - meio hipster isso, concordo.
Então, assim que o ano virou e a primeira semana de 2014 apareceu, cortei meu cabelo do jeito que eu queria: curto "igual de menino". Se eu gostei? Eu AMEI. Eu não podia ficar mais feliz. Finalmente tenho o cabelo que quero, tenho a aparência que eu quero. 
Não vou mais deixar meu cabelo crescer. Não me importo que perguntem se sou lésbica (sim, já perguntaram. Muitas vezes), não me importo que digam que "não é coisa de menina", não me importo.
Eu vou ter cabelo curto por que é o que eu quero para mim.


Eu luto por um mundo onde as pessoas possam ser iguais, independente do gênero, da opção sexual, da cor, da religião, independente de tudo. Eu acredito num mundo onde uma garota ser careca é uma escolha, assim como um homem ser careca também é uma escolha. E uma escolha normal, que as pessoas aceitam e não criticam. Eu luto por um mundo sem um padrão de beleza, sem padrão de existência, sem padrões.


Eu acredito num futuro onde uma mulher ter o cabelo mais curto que o de um homem é coisa normal. E acredito num mundo onde uma mulher pode ter cabelo comprido sem sofrer pressão para alisar/cachear/pintar de um jeito específico. Acredito num mundo onde homens escolhem ter cabelos curtos por que acham que combina com eles, não por que as pessoas dizem que tem que ser assim. Acredito num futuro onde um homem pode ter dreads até a bunda e as pessoas darem um emprego a ele, simplesmente por que ele merece.
Eu acredito nisso. Você acredita?


Para finalizar o post, deixo um clipe novo do 30 Seconds To Mars (onde o Jared está sendo lindo de cabelos compridos). A música fala sobre o destino; fala que nosso futuro está chegando, o tempo está passando. Ou nós fazemos o que queremos agora ou a gente morre. Faça ou morra, e a história continua - com ou sem você.

7 comentários:

  1. Gostei do seu post. Acho que as pessoas tem o direito de fazerem com o cabelo delas o que quiser, essa sociedade de hoje só sabe colocar rótulos e criticar. Meu Deus!

    Beijos,
    Mands - Outbreaks.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ISSO AE! Liberdado de expressão é o que há! =D

      Excluir
  2. Caaaaaaara, adorei o post! kkkkkk.
    Quando eu li o inicio pensei "o que diabos tem de polêmico em cabelo???", mas conforme fui lendo vi que tem TUDO.
    A Jen não foi a única artista e pessoa a ser julgada pelo corte de cabelo, isso acontece o tempo todo! E como você disse essas pessoas acabam se tornando "corajosas", por não terem medo de ser diferente do padrão que a sociedade impõe.
    Acho que a pessoa pode fazer o que quiser com seu cabelo, desde que fique bem consigo mesma. E eu particularmente acho muito lindo mulher com cabelo curtinho assim! Ou então toooodo cacheadinho e principalmente cabelo colorido <33333.
    Isso vai de cada um certo? Pena que tem MUITA gente que adora julgar os outros por nada né? :/
    Muito bom o post!! Beijosss


    fantasiand-o.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado *O*
      Eu sempre reparei nessas coisas de cabelo. Eu acho cabelo comprido LINDO, tanto em homem quando em mulher (menos em mim :P) e sempre reparo num cabelo bonito quando vejo. Mas repare na próxima vez que vc for no mercado: todas as garotas tem cabelo comprido! Quase todas as mulheres tem cabelo comprido! Até muitas senhoras costumam adotar o cabelo comprido! Não que eu achei feio, mas é raro achar uma mulher de cabelo curto hoje em dia.
      Acho cabelo colorido lindo! Infelizmente minha mãe não me deixa pintar... mas um dia eu pinto =D
      Beijos!

      Excluir
  3. Oi Nath, tudo bom? *---*
    Simplesmente adooooro essa coluna e já estava sentindo falta de ver ela aqui no blog! Sempre acho que você tem um jeito filosófico/poético de expressar a sua opinião, principalmente nas suas conclusões. E com essa edição do matutando não foi diferente.
    Concordo TOTALMENTE com você! Acho que as pessoas deveriam parar de ter esse preconceito besta de que mulher tem que ter o cabelo comprido e liso e o homem tem que ter o cabelo curto e sem química. Por favor né? Estamos no século vinte e um! A pessoa tem que ter o cabelo que ela achar melhor pra ela. O cabelo tá grudado na cabeça e a cabeça é dela, o que quer dizer que o cabelo também é... então ela decide u_u uahiuashduashiudhaiusd.
    Realmente acho que a Jennifer Lawrence ficou MIL VEZES melhor com o cabelo curtinho! Realçou super o rosto dela *u* morro de vontade de cortar o meu cabelo mais curto, tipo um chanel quem sabe? mas eu não corto por mim mesma, sabe? Eu tenho rosto de trakinas e tenho os ombros muito largos, então eu sei que não vai ficar uma coisa muito bacana. Então eu me contento com o comprimento um pouco acima dos ombros mesmo, e acredite, já fui criticada por isso. Tipo, nem foi um corte tão radical assim, ainda está "feminino" e dentro dos padrões de beleza feminino, mas não, como eu pude cortar o meu cabelão que já tava basicamente na cintura? Inaceitável T.T . Fazer o que né? Esse é o mundo em que vivemos ~.~
    Também gosto do cabelo com aspecto bagunçado *u* e eu realmente acho cabelos ondulados/cacheados mil vezes melhor que os lisos escorridos. Acho muito mais legal, porque cada hora tá de um jeito. Não é aquela coisa lambida de sempre, sabe?
    Acho que as pessoas tem que aceitar o cabelo que tem e, caso não estejam felizes, então que mudem. Mas mudem pra agradar a si mesmo e não aos outros. E mude como bem entender. O resto é resto u_u
    Enfim, ameeeeeeei o post benzitcho! Falou bonito! *----* suhaiushdiuahsiuda

    Beeeeeeeeeeeijinhos e um ótimo final de semana! :*
    www.inconstantecontroversia.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, que bom que tem gente que gosta <3
      Obrigado pelo elogio, eu sempre tenho medo que as pessoas me entendam mal '-' fico feliz de saber que é só paranoia,
      Eu também achei ela mais bonita de cabelo curto! Deu um ar mais brincalhão pra ela, e vamos concordar, ela é uma palhaça u.u
      Eu também tenho cara de lua, mas sei lá, eu precisava de cabelo curto ou não ia mais dormir de noite u.u kkkkkkkkkkkk
      Eu acho todo tipo de cabelo bonito, mas cabelo liso escorrido NÃO combina com todo mundo! O pessoal tem que entender isso: não adianta o cabelo ser da moda se não te valoriza.
      Obrigado de novo, fico feliz que tenha curtido *O*

      Excluir
  4. Sempre achei polemico também o assunto cabelos, principalmente o meu, porque meu cabelo já foi grande, curto, quase careca, ele já foi de todas as cores [ todas mesmo, do branco ao preto] a unica coisa que nunca fiz foi dread, não porque não gosto, mas porque nunca mais tive paciência pra deixar o cabelo crescer. Hoje em dia meu cabelo é "normal", sem química, cor natural, porque conforme fui envelhecendo fui perdendo a coragem, e menos tempo pra manter um cabelo colorido bem trado, e um cabelo colorido também não é nada convencional, ainda mais pra um menino, e as pessoas preconceituosas existem de montes pra te tornar um motivo de piada, o comentários constrangedores. Super admiro quem tem consegue manter um estilo sem se importar com a opinião alheia, alias cada um cuda de sua vida, e quem pagou o cabeleireiro não foram eles. Adorei a postagem

    http://ale-atoriedades.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D