terça-feira, 15 de outubro de 2013

O Teorema Katherine, de John Green

O Teorema KatherineAutor: John Green
Título original: An Abundance of Katherines
Editora: Intrínseca
É bom?: 
★★★★★
Páginas: 
304
Sinopse: 
Após seu mais recente e traumático pé na bunda - o décimo nono de sua ainda jovem vida, todos perpetrados por namoradas de nome Katherine - Colin Singleton resolve cair na estrada. Dirigindo o Rabecão de Satã, com seu caderninho de anotações no bolso e o melhor amigo no carona, o ex-criança prodígio, viciado em anagramas e PhD em levar o fora, descobre sua verdadeira missão: elaborar e comprovar o Teorema Fundamental da Previsibilidade das Katherines, que tornará possível antever, através da linguagem universal da matemática, o desfecho de qualquer relacionamento antes mesmo que as duas pessoas se conheçam. 
Uma descoberta que vai entrar para a história, vai vingar séculos de injusta vantagem entre Terminantes e Terminados e, enfim, elevará Colin Singleton diretamente ao distinto posto de gênio da humanidade. Também, é claro, vai ajudá-lo a reconquistar sua garota. 

“É possível amar muito alguém, ele pensou. Mas o tamanho do seu amor por uma pessoa nunca vai ser páreo para o tamanho da saudade que você vai sentir dela.”

Eu acredito que O Teorema Katherine pode não ser o livro mais bonito, emocionante, tocando e profundo do John Green, mas com certeza merece ser reconhecido como literatura obrigatória. 



O Teorema Katherine é mais do que a história de Colin Singleton, um jovem prodígio (e não gênio) que tem uma fixação por namoradas com o mesmo nome (escrito da mesma forma). O Teorema Katherine é mais do que a história de Colin e seu amigo Hassan, que caem na estrada após a décima nona Katherine terminar tragicamente com Colin.

“Como Colin já explicara várias vezes a Hassan, há uma diferença enorme entre as palavras prodígio e gênio.
Prodígios conseguem aprender rapidamente o que outras pessoas inventaram; gênios descobrem o que ninguém descobriu. Prodígios aprendem; gênios realizam. A maioria das crianças prodígio não se torna um gênio na idade adulta. Colin tinha quase certeza de que fazia parte dessa maioria desafortunada.”

Eu acredito que O Teorema Katherine seja uma história de amizade, sobre ser alguém na vida, sobre se destacar e ser lembrado. E, ao mesmo tempo, é uma história que ensina que todos seremos esquecidos, por mais incríveis que sejam nossas façanhas enquanto vivemos. E o livro também mostra que, mesmo efêmeros, somos todos importante à nossa maneira.

Então, se você acredita em algo, lute. Tome as palavras de John Green como incentivo e vá à luta e faça aquilo que você acredita. Por que nós somos apenas humanos e, em nossas limitações, derrubamos limites.

"Tava pensando no seu lance de ser importante. Eu acho que a sua importância é definida pelas coisas que são importantes procê. Seu valor é o mesmo das coisas que ocê valoriza"

clip_image050 clip_image053 clip_image059 clip_image061 clip_image062 clip_image064
clip_image055 clip_image057

Essas são as capas de O Teorema Katherine pelo mundo. Mesmo senso apaixonada pela capa brasileira, acho a capa Inglesa (a vermelha) a mais bonita de todas. E você, qual prefere?
Até o próximo post õ/

6 comentários:

  1. Esse livro é mesmo uma delícia *-* Me senti viajando com os dois e fiquei apaixonada pela história! Realmente não é o mais tocante do John Green, mas mexe com tudo que tem na nossa cabeça, assim como os outros :) Tem autor que tem dom mesmo, hahahaha.
    Beijos, Nanda
    Julguepelacapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. John Green é um dos autores mais talentosos que já tive o prazer de ler. Adoro O Teorema Katherine <3

      Excluir
  2. Eu gostei muito do livro, li super rápido. É um livro simples, engraçado e apaixonante. Beijos, Nath! =)


    O Silêncio não existe

    ResponderExcluir

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D