quinta-feira, 29 de setembro de 2016

O que eu assisti de bão em: Setembro õ//

Resultado de imagem para netflix gif
Está tudo bem em assistir TV o dia inteiro.
Olá, pessoinhas maravilindas! Como vocês estão?

Hoje irei falar sobre as séries, filmes e podcasts que eu assisti/ouvi no mês de setembro. Nesse mês eu fiz estágio e trabalhos e provas e basicamente não tive tempo de assistir quase nada, sem contar que faz umas semanas que a internet em casa decidiu se deitar em berço esplêndido, ou seja, sem Netflix! *gritos de horror*

Mas eu assisti algumas coisinhas legais nesse mês, vamos falar sobre elas =D

Filmes



Nesse mês, num singelo final de semana sem absolutamente nada para fazer, meu namorado e eu assistimos o filme No Limite do Amanhã. É uma adaptação americanizada de All You Need Is Kill, um mangá muito muito MUITO bom MESMO que eu li esse ano. O filme é bem diferente do mangá e, a pesar de eu ter amado o mangá, achei que a história do filme foi mais consistente. É difícil explicar sem que você leia o mangá e assista ao filme.

O filme conta a história do oficial William Cage. Nosso mundo foi invadido por alienígenas cruéis e nossa única forma de defesa é utilizar trajes supertecnológicos na esperança de destruí-los. Quando o oficial recebe a notícia de que irá para o front de batalha, ele entra em pânico e deserta. Ele é recapturado e mandado ao front à força.

Chegando ao treinamento ele conhece os recrutas, sofre um pouco na mão do sargento-mor e fica sabendo da reputação de Rita Vratasky, conhecida como Full Metal Bitch, a melhor combatente contra os miméticos (os aliens). Quando William morre no primeiro dia de batalha, uma coisa bem curiosa acontece: ele começa a reviver seu dia como se nada tivesse acontecido, mas com todas as memórias de tudo o que aconteceu.



Em setembro também assisti o filme Mr. Holland – Adorável Professor. Eu faço licenciatura em Letras e a gente vive assistindo filmes e documentários sobre professores, escolas e alunos, essas coisas bem clichês. A pesar disso, os filmes são bem legais, e ouso dizer que Mr. Holland é o filme mais legal que eu assisti na faculdade.

O filme conta a história de um professor, o Mr. Holland. Ele era na verdade era um músico frustrado, e decidiu dar aulas para ganhar mais tempo (risos) para compor e um dinheiro extra (muitos risos). Ele percebe que dar aula não é algo fácil e o filme mostra sua evolução como docente, como ele deixou de ser músico para, de fato, se tornar professor.

Sabe aquela palhaçada que o Temer quer implantar, de que uma pessoa que tenha “conhecimento pleno” ou algum absurdo do tipo vai poder dar aula? Então, nem sei por onde começar para explicar o quão ridículo e absurdo isso é. Sabe qual a diferença entre bacharel em Letras e licenciatura em Letras (que é o curso que eu faço)? LICENCIATURA TEM OITO (8) MATÉRIAS LIGADAS A DIDÁTICA, PSICOLOGIA E PRÁTICA EDUCACIONAL! Dar aula não é só chegar numa sala de aula e começar a falar um monte de conhecimento descontextualizado. Fora Temer pra quem tiver um pingo de noção das coisas.

Séries


A segunda temporada de Mr. Robot chegou ao seu fim e com elas meus sentimentos de que o mundo pode ser um lugar decente se foram. SAM ESMAIL, NÃO SE TERMINA TEMPORADAS ASSIM!!!! Vamos fazer uma petição para que os roteiristas de nossos seriados favoritos parem de nos trollar.

Eu amo Mr. Robot, tanto por que o Rami Malek é lindo e talentoso (ele acabou de ganhar o Emmy de melhor ator em série de drama e foi MUITO merecido!) quanto por que a história da série é muito louca. Mr Robot é um seriado espetacular, cheio de easter eggs e puzzles e marotagens, que conta a história de um grupo de hacktivistas tentando derrubar o capitalismo ao hackear os bancos de dados da maior corporação (fictícia) do mundo. A segunda temporada narra especificamente o que acontece depois do grande hack e como o FBI está investigando o caso.

Em meio a todo esse clima de suspense, ainda lidamos com Elliot, o líder do grupo hacktivista, que tem depressão, ansiedade e transtorno de personalidade múltipla.

  

Em setembro eu comecei a assistir Gilmore Girls (após pesadas insistências de literalmente todas as pessoas do universo) no Netflix (mas tá sendo difícil assistir com a minha internet emburrada). Eu ainda estou na primeira temporada, mas o seriado é super fofo e engraçado e bonitinho e eu quero viver em Stars Hollow.

O seriado conta a história de Lorelai Gilmore, uma mulher que deu a luz aos 16 anos a Lorelai Gilmore (conhecida como Rory) (sim, ela deu o próprio nome à filha) (HOW COOL IS THAT?). Lorelai e Rory tem um relacionamento de mãe e filha muito fofo, além de que cada uma enfrenta seus desafios na vida, e o seriado é demais e todos deveriam assistir.

Outra coisa: sabe o Jared Padalecki, que faz o Sam Winchester em Supernatural? Então, ele está na série, e o nome dele é DEAN!!!!!


Eu tinha abandonado American Horror Story. Quem me conhece sabe que se tem UMA coisa que eu amo loucamente são HISTÓRIAS DE TERROR!! Acontece que eu assisti American Horror Story na época em que tinha acabado de passar a primeira temporada na televisão, bem quando eu tive uma luxação misteriosa no pulso esquerdo, e foi a série que me fez querer acompanhar outras séries. Sim, eu só sou seriadora hoje em dia por causa de AHS.

Eu adorei Murder House, Asylum é até hoje minha temporada favorita, eu achei Coven okay, mas eu não aguentei assistir Freak Show e sinceramente nem dei uma chance a Hotel. Eu gosto de terror de fantasmas, não gore, e Freak Show foi basicamente SÓ ISSO e eu não sou obrigada.

Acontece que a sexta temporada se chama “My Roanoke Nightmare”, e eu PRECISAVA assistir. Sou louca pela lenda da colônia desaparecida de Roanoke e eu senti que era a hora de voltar para o seriado. Eu assisti os dois primeiros episódios, que foram meio bobos para ser sincera, mas tenho esperanças de que não irão estragar uma das minhas creepypastas favoritas.

Podcasts

Resultado de imagem para mamilos b9

Uma coisa que não foi tirada de mim foi minha jornada de 40 minutos para ir e voltar de ônibus para minha faculdade em outro estado diariamente (respira), e nessa bela jornada eu aproveito o tempo livre para ouvir uns podcasts cabulosos.

Ultimamente tenho ouvido muito o Mamilos, que é um podcast semanal maravilhoso sobre pautas atuais no Brasil e no mundo. As meninas lindas do Mamilos lançaram uns programas incríveis nesse último mês, sendo estes: Guerra na Síria (incrível), Manifestações e Antibióticos, Suicídio (recomendo também o programa sobre Depressão) e Filhos e Paz Mundial. Aliás, acabei de perceber que elas liberaram um programa novo sobre Eleições 2016, PRECISO OUVIR HOJE NO BUSÃO!!!
___________________________

É isso por hoje, pessoal! Espero sinceramente que em outubro eu possa assistir mais marotagens. Mas, sinceramente, duvido muito.

Até o próximo post! õ/

Resultado de imagem para rami malek gif
Vai me dizer que você NÃO quer abraçar esse indivíduo?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D