domingo, 19 de junho de 2011

Gosick \õ/


Adoro animes e mangás, por isso decidi falar de um dos meus favoritos: GOSICK. O mangá começa de uma forma bem tranquila e simples: O jovem estudante de intercâmbio Kazuya Kujo acaba de mudar-se para a pequena e ficticia província de Sauville e está tendo muitos problemas para encaixar-se num país onde as pessoas tem a pele muita clara, cabelos loiros/ruivos e olhos claros.

久城一弥Sendo um país com muitas lendas, tendo até mesmo o Ministério do Ocultismo encarregado a cuidar delas, Sauville acaba excluindo o pobre oriental pelo simples fato de ele ter olhos e cabelos negros.
O Shinigami Negro da Primavera é uma das lendas preferidas dos moradores daquele pequeno país. Dizem que, em toda primavera, um estudante com olhos e cabelos negros chegaria à Academia de Santa Margarida e traria morte à escola.
Eis que, a mando da merendeira do colégio, Kujo parte às compras. No meio do caminho, enquanto tinha seus devaneios amorosos, ele acaba sendo o único espectador de um assassinato. Um homem que vinha de moto bateu contra um muro e sua cabeça partiu-se do corpo, sem nenhuma explicação.
クレヴィール
Detido como suspeito, Kujo tenta desesperadamente alertar o inspetor Grevil de Blois dos reais fatos enquanto o detetive apenas quer acreditar no obvio: os estudantes estavam certos e Kujo é mesmo o Shinigami Negro da Primavera, e acaba de ceifar sua primeira alma.
Porém a professora Cecile não acredita que aquele belo oriental seria um assassino, e pede para que Grevil não seja tão duro com o garoto e faça uma investigação mais detalhada.
À mando de Cecile, Kujo parte em uma visita a biblioteca para que entregasse alguns papéis para uma faltosa aluna.
Esta é Victorique, uma jovem garota parecida com uma boneca francesa, com cabelos loiros que caem até o chão e olhos verdes. A garota está lendo vários livros ao mesmo tempo e fumando um cachimbo: dois fatores que, a principio, assustam Kujo.
ヴィクトリカ
Porém, ao contar a garota os acontecimentos em que está envolvido, Kujo acaba notando a extrema perspicácia de Victorique, que facilmente alinha os fragmentos do caos e os reconstrói para Kujo.
A partir daí eles viram, de certa forma, amigos, e juntos tentam desvendar a verdade por trás da lenda do Shinigami Negro da Primavera e também do estranho assassinato do motoqueiro.
Para baixar o primeiro capítulo do mangá basta clicar aqui.
Você pode adicionar o volume 1 do mangá no skoob clicando aqui.
Você pode entrar no site oficial da série animada clicando aqui.

Diferente do mangá e da light novel, o anime começa no segundo caso que os amigos desvendam, porém como se fosse o primeiro.
Este é o caso do barco Queen Berry, um barco que afundou em meio a primeira guerra mundial e que, diz a lenda, é levantado das profundezas do oceano por espíritos que, depois de encher o barco de almas vivas e pulsantes, o afundam novamente.
No anime Kujo foi até a biblioteca ler histórias de terror quando ele encontra Victorique. Enquanto os dois discutiam o inspetor Grevil de Blois aparece com um estranho caso em mãos: Uma senhora foi assassinada em sua casa. Ela estava descansando em seu quarto quando um tiro soou. Haviam três empregados na casa, ambos de países diferentes. A senhora morta, um vidente, sabia falar as três linguas dos países fluentemente, porém ao que parecia a empregada árabe só sabia falar o idioma de seu país de origem. A neta da vidente também estava na casa. Quando a neta e os empregados da vidente se reuniram frente ao quarto da vidente, viram que a porta estava trancada e, como estava tudo em silêncio, pensaram que a vidente poderia ter morrido. Um dos homens disse que queria arrombar a porta com um machado, porém a neta se transpôs entre ele e a porta dizendo "Se minha avó estiver morta, esta casa será minha e eu não quero que você quebre nada". A empregada árabe não entendeu o que a garota dissera e pegou uma pequena arma no quarto ao lado. Atirou na fechadura da porta e, quando abriu-a, a vidente estava em sua cadeira de rodas, no meio do quarto, com um tiro no olho esquerdo.
Um mistério que, a principio, parecia estranho e sem solução, vira um brinquedo nas mãos de Victorique, me remonta o caos criado revelando o que realmente aconteceu e inclusive dizendo quem matou a vidente.
Como sou uma pessoa muito má, vou esperar que vocês assistam o 1° episódio para saber a resolução do crime por lá. Vocês podem baixá-lo aqui ou vê-lo online aqui.
Depois da resolução do mistério, Kujo descobre que Grevil se aproveitou da descoberta de Victorique e recebeu todos os créditos pela resolução do mistério. Além de ganhar um iate da neta da vidente.
Com raiva do inspetor, Kujo obriga-o a, ao menos, convidar Kujo e Victorique para a inauguração do iate. Victorique, assim que sai na rua, age como se nunca houvesse saído da biblioteca, desconhecendo todas as coisas a sua volta.
Quando chegam ao iate de Grevil, o inspetor é chamado pois o suspeito do crime desapareceu e ele precisa ir procurá-lo. Ele deixa que Victorique e Kujo entrem no barco, porém pedem que não naveguem nele. Fuçando nas coisas do barco, Victorique encontra um convite endereçado a vidente e decide partir em busca de respostas, indo a um jantar em um navio: o Queen Berry.
A resolução final deste caso é surpreendente, e a cada episódio você quer assistir mais e mais o anime.
Juntos Victorique e Kujo resolvem vários casos que, inicialmente, pareciam fantásticos, sempre envolvendo fantasmas ou lendas. Porém no final são sempre fruto da barbaridade e imaginação humana.
Eles resolvem, juntos, o caso do Shinigami Negro da Primavera, Resolvem o caso da Rosa Azul, resolvem um caso envolvendo especialmente a familia de Victorique e os Lobos Cinzentos - é, se vocês assistirem vocês entenderão -, resolvem o caso do Leviatã, do Crânio de Belzebu, o caso da rainha Coco Rose, e o último, que fecha o anime, que está em andamento e que já já acaba.
Espero que vocês assistam o anime/leiam o mangá, pois realmente vale a pena.
Vou colocar umas fotos legais do anime e umas fanarts para vocês babarem com os vestidos lindos que ela usa *_*









5 comentários:

  1. Nooossa, Nath! Só lendo este post já vou seguir o teu blog, porque este post evocou em mim uma lembrança de um tempo quando eu assistia um desenho que uma amiga minha do Sergipe gravava e mandava pra mim em fita de vídeo! Calcula quanto tempo faz isso! Não me lembro mais do nome do anime, mas vou procurar, e vou baixar uns episódios pra mim ver nas férias. E vou procurar as cartinhas dessa amiga também, de saudades que senti agora *-*

    AMEI vir aqui até o seu blog, porque eu também adoro esses tipos de desenhos japoneses, são tão lindos! ^^
    E peguei daqui a imagem da personagem com o vestido lindo! Amei! :)

    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Obrigada Gabii *_*

    Espero q goste mais do blog a medida que venha visitá-lo!

    ResponderExcluir
  3. Acho que sou irmã gêmea da Victorique ^^ asuhausha xD
    Gosto mt de animes *-* vou ver Gosick, parece ser mt legal, obg pela dica :)

    ResponderExcluir
  4. Victorique, ela põe o cachimbo na boca, mas não fuma, pois não passa de uma garota inocente.

    ResponderExcluir
  5. Foi o primeiro que eu comecei a ver,e o meu preferido também ;D

    ResponderExcluir

Olá, ser (in)humano! Tudo bão?
Então, seje feliz e comente o que quiser! Só não vale ser preconceituoso, postar conteúdo indevido ou me encher de spam (eu tenho lotes para capinar, sabia?).
Caso tenha alguma pergunta sobre o post, pode comentar que eu responderei dentro de 24 horas. Mas, se quiser, pode me mandar um e-mail! Meu endereço é: nlbrustolin@hotmail.com
Divirta-se =D